Alimentação Saudável Exercícios e Musculação

Sustente-se! – Alimentos para obter energia para malhar

Banana para Ganhar Energia

Atividade física estimula mais atividade física. É fato, perceptível, e incontestável que se exercitar cansa. Porém, depois de algumas horas de execício físico, o nível de energia do corpo aumenta em comparação ao que era antes da execução, é o que diz um estudo da Universidade da Geórgia, nos EUA (Women’s Health ed.9).  Ao longo do tempo, o aumento do condicionamento físico nos deixa mais dispostos e bem preparados para o cotidiano. Se a desculpa (que não serve mais como desculpa) é “não tenho ânimo para fazer exercício físico”, a resposta é: “faça exercício físico, mas antes, alimente-se bem”! A dica de certos alimentos fontes de energia podem funcionar melhor do que aquela receita de um dia completo de dieta, que dificilmente conseguimos cumprir. O segredo é lembrar deles na hora de comer:
 

A barrinha de cereal, e o pão integral

Prático como qualquer outro produto industrializado que engorda e emperra, os grãos integrais são encontrados em qualquer esquina, e podem ser levados para qualquer lugar. Possuem alto índice de fibras, vitaminas e minerais.  Vale como um lanche antes de treino.

Mas cuidado! Há diversas barras de cereais com muita gordura saturada e carboidrato, que é prejudicial, principalmente se você está querendo emagrecer. Fizemos um ótimo artigo sobre alimentos que você deve evitar, se está querendo perder peso.

Aveia

Possui vitamina do complexo B, participante do metabolismo energético, além de ser rico em carboidratos complexos e fibra solúvel que ajuda o controle da açucar no sangue. Antes de malhar, misture-a em uma salada de frutas, ou vitamina com leite.

Banana

Banana para Ganhar Energia

A banana é quase uma refeição completa. Rica em nutrientes, 115g desta fruta possui um terço das necessidades do dia. Alto índice de potássio, uma substância que em ação conjunta ao sódio transmite impulsos nervosos. Além de tudo, ajuda a matar a vontade de comer doces. Seu uso é livre como lanche entre intervalos das principais refeições.

Brócolis, arroz com feijão ou ervilha

Funcionam tanto juntos quanto separados. O Brócolis age no sangue. Contém ácido fólico, essencial no metabolismo dos aminoácidos, produção de DNA e células vermelhas do sangue. O arroz, do grupo dos cereais, é ignorado em algumas dietas pesadas, mas é um reforço no almoço e no jantar. O feijão e a ervilha contém amido, vitaminas do complexo B, ferro, potássio, e zinco. Os dois grãos podem ser substituídos um pelo outro, já que possuem um mesmo efeito.

Gema de ovo

O ovo é excelente  para quem está malhando, tanto pela proteína da clara, a abulmina ótima para quem faz musculação, quanto pela gordura boa da gema. Fonte de ferro, colina e vitamina B12, a gema do ovo é fonte de energia, reduz alguns tipos de anemia e ainda faz bem para o cérebro.

Batata-doce

A batata-doce é antioxidante, contém a vitamina B6, que é necessária no metabolismo de carboidratos e proteínas e também na formação de células vermelhas para a síntese de hormônios e funcionamento do sistema nervoso e imunológico. Essencial para qualquer praticante de exercício físico, e uma boa pedida para acompanhamento nas principais refeições.

Leite de soja

Em uma vitamina, pode ser substituído pelo leite integral, que pode funcionar melhor por ser mais leve. Além do carboidrato, o leite de soja contém proteínas, lipídios e vitaminas.

O perigo do café

O café é igual a barrinha de cereal, está em qualquer esquina. É um hábito de algumas pessoas que possuem uma rotina corrida, acordam cedo, e veem nele, uma boa opção para dar aquela reanimada. A cafeína age sobre o sistema límbico, responsável por regular as sensações e com isso a energia física. A cafeína acelera a reação, concentração, e estado de alerta, porém como qualquer outro alimento, o seu excesso causa problemas. A pessoa que ingere muito café por dia pode se tornar uma pessoa mais ansiosa e irritada, além de sentir náuseas. O limite é de 4 xícaras por dia, isto para quem já está acostumado a beber. Quanto aos amantes de refrigerantes de cola, é melhor decidir entre Coca-cola ou café, ou melhor, substituir o refrigerante por um bom suco rico em nutrientes para não perder o cafezinho do dia.

Outra dica importante, é observar os motivos pelos quais há falta de energia. Pode ser além de uma alimentação ruim, o estresse, insônia, alguma doença, ou até depressão. Seja qual for o motivo, a alimentação rica nestes nutrientes e a atividade física contínua ajudam a reanimar.

Gostou desse post sobre alimentos que são energia? Comente Abaixo!

 

8 Comentários

Comentário