Alimentação Saudável Exercícios e Musculação Ganhar Massa Muscular Suplementos Alimentares

Whey ou Albumina?

Estes talvez sejam os 2 suplementos proteicos mais conhecidos nas academias e você com certeza já deve ter se perguntado, “porque a diferença de preço” ou “qual dos 2 é melhor”. Vamos do início para que fique mais fácil de entender, chamamos de “implicações metabólicas” os efeitos ou benefícios dos nutrientes ao nosso organismo.

Muitas pessoas já ouviram a seguinte afirmação: “come frango, ovo, carne, qualquer uma, pois é tudo proteína”. De fato todos são fornecedores de proteínas, mas precisamos entender que há diferença entre uma ou outra proteína.

Para elaborar uma dieta, o nutricionista começa estimando a necessidade de nutrientes do indivíduo. Posterior a isso serão escolhidos os alimentos e suas quantidades. Na escolha das fontes proteicas observamos a composição de aminoácidos, a quantidade total de nitrogênio e a digestibilidade da proteína.

Um alimento ou suplemento proteico de boa qualidade é aquele que possui boa digestibilidade, quantidades adequadas de aminoácidos essenciais e de nitrogênio total. A qualidade da proteína é a medida da capacidade de satisfazer a demanda nutricional por aminoácidos essenciais e nitrogênio para fins de síntese proteica.

Albumina

Estudos recomendam que o uso dos suplementos proteicos (como Whey e Albumina) devem estar de acordo com a ingestão proteica diária total, algo em torno de 1,8gr/kg de peso.

Albumina é a proteína mais abundante em ovos, está presente também no músculo e no sangue. É extraída da clara de ovo, obtida através da pasteurização e secagem das claras. Sua digestibilidade e sua composição aminoacídica a tornam uma proteína de alto valor biológico (aproximadamente 85), e uma das fontes proteicas mais ricas que existe.

A clara do ovo é constituída de 88,5% de água e 13,5% de proteínas, vitaminas do complexo B (B2) e traços de gorduras. Além disso, a clara possui também pequenas quantidades de glicoproteínas, glicose e sais minerais.

Albumina fornece à dieta humana uma porção elevada de proteínas e aminoácidos, são 18 tipos diferentes, dentre eles encontramos todos aqueles considerados essenciais, albumina é rica em BCAA´s + arginina. São necessárias aproximadamente 3 horas para que seus aminoácidos estejam disponibilizados na corrente sanguínea, suas características a tornam uma boa fonte de proteínas para café da manhã, lanches ou ceia.

Whey Protein

Whey protein top da growth supplementsWhey Protein é o nome dado somente às proteínas do soro do leite, no mercado pode ser encontrado como Whey concentrado, isolado ou hidrolisado a composição química é a diferença entre as formas disponíveis. As frações ou peptídeos do soro, são constituídas de basicamente 5 tipos diferentes de proteínas, Essas frações proteicas podem variar em tamanho e peso molecular e com isso suas funções, por estes motivos essas proteínas são muito especiais.

As proteínas do soro podem exibir diferenças na sua composição dependendo da forma utilizada para sua obtenção. Em média 100g de concentrado proteico do soro do leite possui, 414kcal, 80g de proteína, 7g de gordura e 8g de carboidratos.

Os BCAA´s perfazem 21,2% do conteúdo aminoacídico e todos os aminoácidos essenciais constituem 42,7%. Esses valores estão acima da média quando comparados àqueles de outras fontes proteicas. Ainda podemos encontrar ferro, sódio e cálcio. O valor biológico das proteínas é de aproximadamente 115 e seu tempo de digestão é curto cerca de 60 minutos.

Numa dieta bem programada haverá diversas fontes de proteínas, isto garantirá que todos os aminoácidos serão consumidos em quantidade adequada e suficiente.

Conciliar albumina e Whey Protein na mesma dieta é muito bem indicado, Albumina pode estar em refeições como café da manhã, lanches e ceia. Já Whey Protein deve ser consumido ao final da atividade física.

Diogo Círico
CRN – 10 2067
Nutricionista esportivo R.T. Growth Supplements

Comentário