Emagrecer

Conheça os tipos de Gorduras: Saturada x Insaturada x Trans

Tipos de gordura

Cada vez mais pessoas procuram meios de tentar emagrecer, ou seja, procuram por meios de se verem livres das chamadas gorduras indesejáveis. Não é à toa que os índices de obesidade brasileiros e do mundo todo só têm aumentado.

Mas as pessoas sabem de fato quantos tipos de gorduras existem? E elas sabem quais são esses tipos de gorduras? E para que eles servem?

Pois é para responder a essas e a outras perguntas sobre esse intrigante e interessante assunto, que escrevemos esse singelo artigo. É para lançar luz sobre esse tema que as próximas linhas foram escritas. Faça bom proveito dessas importantes informações.

Quantos tipos de gorduras existem?

Há pelo menos três tipos de gorduras conhecidas, sendo que um desses tipos pode ser dividido em mais dois subtipos. São os três tipos de gorduras conhecidas os seguintes: gorduras saturadas, gorduras insaturadas (monoinsaturadas e poli-insaturadas) e as gorduras trans.

Desses três tipos, apenas as gorduras insaturadas podem ser consideradas benéficas ao organismo humano. As outras duas são prejudiciais ao seu bom funcionamento.

Falaremos primeiramente das gorduras insaturadas, que são as consideradas benéficas.

Gorduras insaturadas

As gorduras insaturadas são as consideradas benéficas ao organismo humano, sendo divididas em monoinsaturadas e poli-insaturadas. Ambas apresentam efeitos positivos à saúde das pessoas.

O corpo necessita dessas gorduras para que sejam absorvidas as importantes vitaminas A, D, E, e K. Mas mesmo elas devem ser consumidas com moderação, já que também apresentam grande quantidade de calorias.

As gorduras monoinsaturadas são as mais comuns, sendo encontradas em diversos tipos de óleos, como o azeite de oliva, o óleo de canola, o óleo de girassol, o óleo de amendoim e o óleo de gergelim. São encontradas também em frutas como o abacate.

Já as gorduras poli-insaturadas são encontradas em alimentos como peixes e frutos do mar (na forma de ômega 3, ômega 6 e ômega 9). Também são encontradas na soja, no óleo de peixe e nos grãos diversos.

Gorduras saturadas

Apesar de as gorduras saturadas serem consideradas nocivas ao organismo humano, a grande verdade é que ainda não há nenhum estudo que tenha apresentado um resultado conclusivo sobre os verdadeiros efeitos dessas gorduras para o homem.

A grande verdade é que há um consenso entre os médicos e demais especialistas sobre os efeitos das gorduras saturadas para o organismo humano, inclusive relacionando-as aos casos de problemas cardíacos, que teriam origem no maior consumo dessas gorduras pelos seres humanos modernos.

Há, no entanto, uma corrente de especialistas que defendem que o “diabo” talvez tenha sido pintado de modo a ficar pior do que realmente seja. Tudo por causa da indústria dos alimentos, que teria reforçado que as gorduras saturadas eram de fato as vilãs e que as gorduras trans seriam a alternativa saudável.

Fato é que as gorduras saturadas podem ser encontradas em diversos alimentos, como óleo e demais derivados do coco. Elas também são encontradas no bacon, na banha de porco, no óleo de algodão, no óleo de dendê, nas carnes gordurosas e nos laticínios.

Gorduras trans

Essas são as gorduras que nascem a partir do processo de hidrogenação de óleos vegetais. Elas são muito comuns em alimentos industrializados, como por exemplo, as margarinas e manteigas.

Esse processo de hidrogenação dos óleos vegetais permite à indústria dos alimentos que se obtenha uma maior validade para os alimentos, o que torna o processo extremamente vantajoso, e por esse motivo, muito utilizado.

Outra vantagem é que esses óleos permitem que se substituam os óleos de origem animal, que não podem ser consumidos por vegetarianos, por exemplo. Além disso, esse processo também permite que os alimentos necessitem de menos refrigeração, o que barateia demais os custos.

Apesar de serem mais comuns em processos de hidrogenação de óleos vegetais, as gorduras trans também são encontradas, em pequenas quantidades, de modo natural, no leite de animais ruminantes, como a vaca ou a cabra.

Apesar de ter sido amplamente utilizada pela indústria dos alimentos, a gordura trans hoje é alvo de pesadas criticas por parte de toda a comunidade cientifica, especialmente por causa dos estudos que comprovam que grandes quantidades desse tipo de gordura podem acarretar sérios problemas cardíacos às pessoas.

Infográfico sobre Tipos de Gorduras

Confira no infográfico abaixo, criado pela Palato, mais sobre os diferentes tipos de gordura:

infografico tipos de gorduras

Muitas dúvidas, vários interesses!

É fato que sempre que algo é apontado como sendo bom por alguma indústria cujos interesses estejam intimamente ligados ao seu consumo, é sempre bom também que tenhamos um pouco de desconfiança, já que os interesses que podem estar por trás dessas informações quase sempre não são os mais bonitos e sinceros.

Há também, muita especulação e poucas conclusões sobre qual a verdadeira ação dessas gorduras, especialmente no que se refere às gorduras saturadas, que são demonizadas pela indústria alimentícia há anos, e já foi comprovado que os motivos não eram nada mais do que interesses corporativos.

Portanto é sempre bom ficar atento, e procurar sempre consumir qualquer tipo de gordura com moderação, para que não haja qualquer tipo de complicação à sua saúde.

1 Comentário

Comentário