Pedro Mendes

Chá de aroeira

Talvez você já tenha ouvido falar da planta aroeira, a questão é que por mais que ela seja bem conhecida no território brasileiro, nem todos sabem que ela pertence à família da Anacardiaceace. Sua espécie conta com mais de 600 tipos, tendo dentre elas algo em torno de 70 gêneros. É importante saber que nem todas as espécies ou gêneros, é indicada para consumo, as bravas e as brancas por exemplo: causam efeitos parecidos com eritemas e urticária. Portanto é bom ficarmos atentos.

Por outro lado, a aroeira-do-campo, lentisco, rasteira, e almecegueira, são todas muito bem recomendadas. Estas, são aroeiras mansas, e tem seus benefícios comprovados desde muito tempo, quando já eram utilizadas com fins medicinais para o auxílio na cura de vários males, como por exemplo: o mau funcionamento do organismo. Algumas destas também são utilizadas na criação de perfumes, bebidas e shampoos. Por isso hoje, essas plantas caíram no gosto popular.

Benefícios

O chá de aroeira pode ser: cicatrizante, laxante, afrodisíaco, tônico, balsâmico, anti-inflamatório, antiespasmódico, bactericida, etc. Com alguns desses exemplos, temos muitos benefícios comprovados. Alguns deles são:

1. Problemas urinários.
2. Ínguas, sífilis e leucorreia.
3. Auxílio no tratamento de gota.
4. Auxílio no tratamento de reumatismo.
5. Dores ciáticas.
6. Bronquite e tosse.
7. Feridas e inflamações.
8. Ajuda a febre baixar.
9. Corrimentos vaginais.
10. Casos de diarreia.
11. Dores ciáticas.
12. Aumento do fluxo menstrual.
13. Ajuda a emagrecer.

Existem três meios fáceis de se utilizar o chá de aroeira. Um exemplo básico do uso do chá, é através de compressas para tratamentos externos, (infecções cutâneas, feridas, etc.) Outro exemplo é por decocção, utilizado para doenças internas (como tosse, bronquite, diarreia, etc.) E o terceiro, é através de banhos, também para doenças externas.

Para quê serve?

O chá de aroeira, a espécie utilizada provém de uma pequena árvore que é rica de propriedades em sua casca e folhas. Por isso ela é tão utilizada e tão popular. Além de todos esses benefícios à cima citados, a aroeira também ajuda no emagrecimento. Por essa você não esperava, não é? Pois é, devido as propriedades diuréticas que sua bebida compõe, ela pode sim, ajudar a perder peso.

Ingerindo-a diariamente, seu organismo é auxiliado a eliminar ou pelo menos diminuir a retenção de líquidos, ocasionando a circunstancial perda de peso, inchaço e até mesmo medidas.
Entretanto, como para todos os outros fins, vale ressaltar que ela apenas auxilia, ou seja, ela é um meio, não um fim. Então a dica é que você combine a ingestão diária do chá de aroeira com a pratica regular de atividades físicas e dieta. E em pouquíssimo tempo você verá resultados, não só no espelho, mas também na balança.

Como preparar

Tratando-se de uma planta bem conhecida, ela pode ser encontrada facilmente em lojinhas de produtos naturais e até mesmo em supermercados, tanto em pó, quanto in natura.
A parte do preparo é ainda mais fácil, veja as instruções:
1. 1 litro de água fervente
2. 100 g da planta em pó
3. Açúcar à gosto

Quanto a ingestão diária, é recomendado doses pequenas do chá, 3 ou 4 colheres já são o suficiente.
Novamente vale ressaltar que o uso excessivo não é recomendável, se houver efeitos colaterais, suspenda o uso e procure um médico.

Recomendados para você: