Alimentação Saudável

Turbine a saúde com alimentos funcionais

beneficios-goji-berry

Se você leva, ou pretende levar um estilo de vida mais saudável, certamente já parou para refletir sobre a sua alimentação. Pensou em como vai cortar as gorduras, comer mais verduras e legumes, moderar o consumo de carboidratos e evitar o açúcar. Tudo para que a sua alimentação forneça ao seu corpo todos os nutrientes e vitaminas necessários. Mas você sabia que alguns alimentos fazem mais do que isso? Conheça os alimentos funcionais:

O que são?

Um alimento funcional é aquele que, além de prover ao seu corpo a nutrição necessária para o seu bom funcionamento, também conta com agentes que trabalham para oferecer benefícios adicionais ao organismo. Existem alimentos funcionais que carregam estas características naturalmente, enquanto outros são enriquecidos com estes aditivos alimentares, no seu preparo ou cultivo.

Alguns destes super alimentos são conhecidos da humanidade há milênios, mesmo sem que entendêssemos plenamente seus benefícios, como por exemplo o leite de cabra e o goji berry. Outros, como iogurtes e massas enriquecidas só estão disponíveis para nós há pouco tempo, com o avanço da engenharia de alimentos.

O termo alimento funcional só começou a ser usado nos anos 1980, no Japão, quando o governo de lá criou políticas para estudar e classificar os alimentos que trazem benefícios adicionais à saúde. Quem regula isto no Brasil é a ANVISA. Todo alimento funcional precisa do seu selo, além da permissão do Ministério da Saúde para ser anunciado e vendido como tal.

Onde encontrar?

Alimentos funcionais são bastante comuns nas prateleiras de mercearias e supermercados hoje em dia. Um exemplo típico são as massas integrais que têm maior concentração de fibras, benéficas para o sistema digestivo. Outro exemplo conhecido são iogurtes e bebidas lácteas que contém microorganismos que enriquecem a flora intestinal. Existem também alimentos que combatem o colesterol, o envelhecimento precoce e até mesmo alguns que ajudam na higiene bucal!

Uma característica comum à todos os alimentos funcionais é que as concentrações das substâncias benéficas presentes neles são bastante baixas. Com isto, para que se obtenham os benefícios esperados, seu consumo deve ser regular. O ideal é que (de preferência com a ajuda de um nutricionista) seja montado um plano de alimentação onde os funcionais façam parte da rotina. O alimento funcional não deve ser substituto para uma alimentação saudável. Pelo contrário, deve ser adotado em conjunto para que sejam extraídos o máximo de vantagens dos dois.

É importante esclarecer que alimentos funcionais não são medicamentos. Não entram nesta categoria diversas ervas, raízes e frutas que possuem características medicinais, ou seja, ação curativa. Por este motivo, o alimento funcional pode ser consumido com segurança, sem o acompanhamento de um médico. Mas também por este motivo ele não deve ser usado em substituição à qualquer medicamento. Muita atenção com quem faz este tipo de promessa. Na maioria das vezes são produtos ilegais, sem respaldo científico ou autorização de venda.

Somado a um bom programa de exercícios e a uma alimentação adequada, os alimentos funcionais só trarão benefícios a sua saúde e de sua família. Você já faz uso de algum? Teve bons resultados? Conte para a gente, nos comentários!

Leia também:

Comentário