Doenças

Remédios e tratamentos caseiros para enxaqueca

Embora a medicina seja cada vez mais avançada nesta área, os remédios e tratamentos caseiros para enxaqueca ainda são grandes aliados na vida das pessoas que sofrem com as crises recorrentes da condição.

Muitas vezes, soluções simples podem reduzir significativamente os riscos de uma nova crise, ou diminuir a intensidade dos sintomas que são tão incômodos para as pessoas. Obviamente, recorrer a remédios e tratamentos caseiros para enxaqueca não permite que você abra mão de tratamentos médicos regulares, especialmente se você faz tratamentos preventivos. Ter estas opções, no entanto, podem ser um complemento – e você já deve saber que todo auxílio é necessário quando o assunto é reduzir as dores de uma crise de enxaqueca.

Confira alguns destes remédios e tratamentos caseiros para enxaqueca que podem ser grandes aliados da sua qualidade de vida:

Reduza a temperatura

Algo simples como um saco de gele em sua testa ou no pescoço pode ser muito útil para reduzir a dor durante uma crise, sobretudo no período inicial ou final da enxaqueca. Não se sabe exatamente os motivos pelos quais a temperatura reduzida ajuda na redução da dor, mas pensa-se que a desaceleração do fluxo sanguíneo ajude em reduzir a sensação de pulsação dolorosa no local.

Existem, também alguns tipos de gel que reduzem a temperatura no local sem a necessidade de segurar um pacote gelado por vários minutos. Se a estratégia funcionar para você, certamente é útil ter um pouco do produto à mão quando os sintomas começarem a aparecer.

Cafeína

A cafeína é um item polêmico entre os remédios e tratamentos caseiros para enxaqueca. Na prática, a substância está presente na maior parte dos medicamentos que tratam as dores das crises, pois é comum que dê um alívio moderado na dor de cabeça, além de facilitar a absorção de outros componentes.

O segredo, no entanto, está na dosagem. Se você abusar da cafeína, é possível que as dores até mesmo aumentem, sobretudo quando ela deixar de fazer efeito no organismo, como uma espécie de crise de abstinência em menor escala.

Um quarto tranquilo e escuro

O excesso de luzes e sons altos pode tornar a sua dor de cabeça muito pior, durante uma crise. Por isso, saber onde encontrar um local tranquilo, sem luz e com bastante silêncio é algo essencial para quem sofre de enxaqueca. Essa estratégia é importante mesmo quando você já se medicou, pois pode ajudar a acelerar sua recuperação.

Exercícios regulares

Entre os remédios e tratamentos caseiros para enxaqueca, um método preventivo eficiente é a prática recorrentes de exercícios físicos. Os exercícios mantêm seus níveis de endorfina altos, ajudando a combater a dor. Além disso, ajudam na redução do estresse e na qualidade de sono.

Obviamente, você nunca deve tentar praticar exercícios durante uma crise, pois é provável que isso faça sua cabeça doer ainda mais. Insira as rotinas de exercícios nos períodos saudáveis, e você perceberá uma melhoria significativa em relação à intensidade das crises.

Consuma magnésio

Diversos estudos demonstram que uma boa quantidade de magnésio no organismo auxilia a reduzir as chances de ter crises de enxaqueca. O magnésio pode ser consumo através da suplementação por pílulas, ou através de vegetais de coloração verde escura, grãos e castanhas.

Durma com qualidade

A falta de sono ou o excesso de sono são gatilhos comuns para a dor de cabeça, e podem reduzir a sua tolerância à dor – o que certamente não é um bom aliado quando o assunto é enxaqueca. A clássica meta de 6 a 8 horas de sono por noite é suficiente para melhorar suas chances em relação às crises.

Recomendados para você:

Comentário