Sem categoria

Remédio para enxaqueca: soluções caseiras que auxiliam o tratamento

Ao falar em remédio para enxaqueca, é sempre importante começar o assunto falando que os tratamentos para o problema são preventivos ou sintomáticos. Além disso, todos os tratamentos medicamentosos devem ser definidos junto a um médico que acompanhe a evolução de sua condição.

Há, no entanto, uma série de hábitos, bons costumes e práticas que podem ser consideradas um verdadeiro remédio para enxaqueca para complementar seu tratamento medicamentoso. Eles não substituem o uso de medicamentos farmacêuticos, mas auxiliam na sua prevenção.

Confira algumas dessas dicas importantes que certamente farão a diferença na sua qualidade de vida:

Cuidados com a alimentação

A dieta possui um papel fundamental na prevenção das enxaquecas. Comer bem é um remédio para enxaqueca quase tão eficiente quanto o uso de medicamentos preventivos.

Comidas excessivamente gordurosas, chocolates, alguns tipos de queijo, álcool e vários tipos de comidas processadas são conhecidos inimigos de quem sofre enxaqueca. Além disso, alimentos muito gelados, como o sorvete, podem ser um problema, bem como qualquer produto que gere desidratação.

A cafeína é polêmica nessa discussão: ela é utilizada em vários medicamentos contra a enxaqueca, mas seu consumo excessivo também pode ser um fator que ajuda a pior as crises. Por isso, é importante fazer uso moderado da substância e prestar atenção nos efeitos que ela gera em você.

Óleo de lavanda

Estudos publicados em 2012 demonstraram que pessoas que inalaram óleo de lavanda durante uma crise de cefaleia tiveram uma redução de 15 minutos no tempo total da crise, em comparação a quem não inalou o óleo, ou a quem utilizou o placebo. Por isso, é sempre útil ter um pouco da essência à disposição, para aqueles momentos de crise.

Óleo de hortelã

O mentol, substância essencial presente nas folhas de hortelã, é um poderoso aliada na redução das dores e, também, na prevenção de enxaquecas. O fato é reconhecido desde 2010, com a publicação de estudos que mostram que a aplicação de óleo de hortelã nas têmporas e na testa reduziu a dor de cabeça, as náuseas e a sensibilidade à luz durante as crises de enxaqueca.

Dê chance ao gengibre

Consumir doses saudáveis de gengibre – na alimentação, em chás e demais produtos – é um aliado poderoso de quem sofre crises de enxaqueca. Isso é especialmente verdade para pessoas que sofrem de enxaquecas com aura que envolvem náusea. O gengibre é excelente em combater a sensação de enjoo, e pode ajudar a reduzir ao menos um dos incômodos sintomas trazidos pela condição.

Adicione magnésio à sua dieta

A deficiência de magnésio pode ser associada à maior intensidade das dores de cabeça e enxaquecas. Estudos demonstram que a suplementação com magnésio – especialmente o óxido de magnésio – auxilia na prevenção de enxaquecas com aura. Além disso, há alguns resultados ainda incipientes que sugerem que o mesmo tipo de suplementação auxilia na prevenção de enxaquecas relacionadas ao ciclo menstrual.

Lembre-se que o magnésio pode ser suplementado ou obtido através da alimentação, especialmente através de sementes, cereais e castanhas.

Recomendados para você:

Comentário