Diabetes

Pré Diabetes: Tudo o que você precisa fazer

prediabetes

Pré-DiabetesO pré-diabetes é um caso clinica que antecede o diagnostico de diabetes do tipo 2. Nesse caso, o organismo começa a dar pistas, especialmente, por meio de testes de sangue, que as taxas de açúcar estão começando a ficar mais altos, sendo que os índices de insulina começam a subir simultaneamente.

Além disso, o pré-diabetes é muito famoso pelo estado de resistência a insulina, quando o pâncreas começa a sintetizar a insulina em demasia tentando controlar as taxas de açúcar.

Quais são as causas da pré-diabetes?

  1. o aumento de peso;

  2. o histórico familiar e genético;

  3. o sedentarismo;

  4. os hábitos alimentos que tem como base alimentos muito calóricos.

A diabetes é doença multifatorial e, desta forma, diversos motivos estão compostos nesse grupo. Da mesma maneira acontece com a pré diabetes.

Fatores de risco

O fator de risco mais preocupante é o acumulo de peso. Com o ganho de peso, o pâncreas começa a produzir mais insulina na esperança de conseguir manter os níveis de açúcar sob controle.

Mas, o organismo não entende esse ganho na produção de insulina de uma maneira positiva e o estado de resistência a insulina aparece, provocando que mesmo que tenha muita insulina a disposição do organismo, ela acabe sendo pouco utilizada.

Além do aumento de peso, também são encarados como fatores de risco: histórico de doença da família, pressão arterial elevada, síndrome dos ovários policísticos e aumento dos níveis de triglicérides no sangue. As mães que tiveram crianças que pesam mais do que quatro quilos também apresentam mais probabilidade de desenvolver a doença.

Sintomas de Pré diabetes

Normalmente, o caso de pré diabetes não apresenta nenhum sintoma especifico. Sendo assim, é uma situação que em diversas ocasiões não é nem mesmo descoberta.

Tratamento de Pré diabetes

As pessoas que foram identificadas com a pré diabetes podem realizar o acompanhamento da enfermidade com uma quantidade de glicemia e hemoglobina glicada. Se for preciso é efetuado o cálculo de índice HOMA – IR, que mede, por meio da insulina na corrente sanguínea e da glicose, a capacidade de resistência ou se sensibilidade à insulina de cada um.

Na maioria das situações, o tratamento da pré diabetes começa com as orientações para as mudanças no estilo de vida: dieta com diminuição de calorias, gorduras saturadas e carboidratos, especialmente, os simples, além do início da pratica de atividades físicas todos os dias. Em algumas situações, o médico vai poder selecionar, ao lado do paciente, se começa o tratamento com remédios para impedir o desenvolvimento para o quadro de diabetes.

Vale frisar que nos pacientes com pré diabetes, que estão acima do peso, a perda de até 7% do peso corporal já conduz a uma melhora metabólica drástica. Com a utilização de remédios de maneira combinada, também pode se impedir o desenvolvimento para diabetes em boa parte dos casos.

Quais são os possíveis desdobramentos desfavoráveis da prédiabetes?

A grande complicação desse quadro é, de fato, o desenvolvimento da diabetes. Infelizmente, se trata de um desenvolvimento progresso do pré para a diabetes, já que boa parte dos pacientes não conta com um diagnostico em tempo pratico ou termina por não adotar definitivamente as mudanças necessárias no seu dia-a-dia.

Qual a melhor forma de prevenir o pré diabetes?

A maneira é bastante simples: controlar a sua alimentação, preferir alimentos saudáveis, como, por exemplo: as verduras, os legumes, as frutas e a carnes magras, além da diminuição do consumo de gorduras saturas e de carboidratos simples.

Outro detalhe importantíssimo é a realização de atividades físicas constantes, que além de evitar o surgimento da diabetes ainda proporcionam inúmeros benefícios para a sua saúde física e mental. Por fim, é primordial a realização de exames frequentes para impedir o surgimento da pré e o seu desenvolvimento para o quadro definitivo de diabetes.

Convivendo com a diabetes

Por mais que seja possível impedir o desenvolvimento da diabetes, infelizmente, esse quadro de pré diabetes pode não ser identificado a tempo. No entanto, a questão de conviver com a diabetes pode não ser tão complicada se o paciente tiver a sua disposição um acompanhamento médico de qualidade e as informações mais recentes a respeito da sua doença.

E é, justamente, tudo isso que você tem acesso com o programa Diabetes Controlada, que auxilia no controle da doença de forma natural.

Comentário