Gravidez

Parto Humanizado

partohumanizado

O termo parto humanizado nunca esteve tão em alta como nos dias de hoje. Se atualmente, a mulher tem o direito de decidir se deseja ou quando deseja se tornar mãe, também merece toda a liberdade para definir como o seu filho deve chegar ao mundo. Mas, você realmente do que se trata o parto humanizado?

O primeiro esclarecimento que deve ser feito é com relação ao conceito “parto humanizado” que não deve ser compreendido como um estilo de dar a luz, no qual algumas situações o diferenciam como um método alternativo, como, por exemplo, a utilização da água ou o posicionamento, a intensidade das luzes, a presença do companheiro ou qualquer outra situação variável. A humanização do parto se trata realmente de um procedimento e não de um produto que nos é destinado já pronto.

Hoje em dia, as leis estão tentando oferecer um caminho para deixar tudo cada vez mais humano nesse segmento, isso quer dizer, tornar cada vez mais conscientes todos da importância de um processo que para a raça humana sempre primou pelo instinto e natural e que por muitos anos, médicos e profissionais tenderam a influenciar mecanicamente, ao hospitalizar o nascimento e exigir que todos sem enquadrassem em uma maneira única para as mulheres e a ocasião do parto.

O que é humanização?

O conceito humanização traz consigo várias interpretações a qualidade de humano na cultura normalmente está atrelada ao atrelada aos conceitos cristãos de ser uma pessoa boa, doce, simpática, afável e de auxiliar o seu próximo. Nesse contexto, extrair da mulher parte de seu sofrimento e agilizar o parto por meio de medicamentos e de técnicas ou cirurgias é uma tarefa eficiente da medicina obstétrica e vem sendo oferecida essa possibilidade.

No entanto, há um modo de intervir. Um olhar mais atento na realização da atual assistência ao parto mostra uma grande contradição entre as intervenções técnicas ou cirurgias e as respectivas conseqüências no processo fisiológico do parto e na saúde física e emocional da mãe e de sua criança.

Importância para a mãe e o filho

Um acompanhamento mais profundo mostra a importância da mãe e do filho em viver completamente a experiência do parto natural. O processo do nascimento, a evolução para a adolescência e a vida adulta, a passagem pela gravidez, o parto, todas as particularidades da maternidade, da dor, da morte e, consequentemente, da separação são experiência que estão na existência humana inevitavelmente e devem ser respeitadas no decorrer da vida de cada um.

Muitas mulheres ao narrarem seus partos através de cesarianos exibem um ponto de frustração de não terem dado a luz de forma natural, com as suas forças e receberem os seus filhos sem a intervenção de ninguém. Querem e desejam participar integralmente do nascimento de suas crianças de maneira ativa. Passar pelos procedimentos naturais e humanos completamente, às vezes, pode representar dor, frustração, conflito, medo e incomodo. No entanto, são esses os sentimentos de mudança e de evolução humano.

A proposta da humanização do parto compreender a gestação e o momento do parto como acontecimento perfeitos, restando a obstetrícia somente seguir o processo e não interferir diretamente nessa passagem. Por isso, é essencial lembrar que a mãe deve ter total poder de decisão para definir como o seu filho vai chegar a esse mundo. Sendo que em situações que não apresentem risco algum para mulher e filho, o parto deve seguir o desejo da mulher para que o parto ocorra da maneira esperada, como um momento de amor, realização e amadurecimento da mãe.

Como voltar de maneira saudável a sua antiga forma após o parto?

Se você tem a tendência por escolher o parto humanizado, possivelmente, vai desejar voltar a sua antiga forma também de uma maneira respeite o seu tempo. Por isso, está mais do que na hora de conhecer o programa Mamãe Sarada, que pode ser realizado em qualquer lugar a qualquer hora.

No treinamento proposto pelo programa Mamãe Sarada, você terá acesso online aos vídeos das aulas para você poder literalmente fazer onde e quando quiser. Não precisa de horário fixo, como uma aula na academia. Aqui você pode fazer na hora que der, independente de onde estiver. Porque todas as aulas podem ser acessadas do smartphone, notebook, tablet, computador ou smart tv, desde que tenha internet.

Comentário