Alimentação Saudável

Alimente sua curiosidade: Conheça a história do Sushi

sushi

Ele é sinônimo de alimentação saudável, saborosa e prática. Bastante apreciado no Brasil, o Sushi é encontrado em diversas redes japonesas de fast food e nas temakerias. Mas tem muita história até chegar a essa popularidade toda. E eu convido você a conhecer um pouco dela.

Tudo começou no ano IV a.C., no Sudeste Asiático, com a necessidade de conservar o peixe cru, que tinha sua cabeça e vísceras retiradas, e era preparado em forma de filé temperado com sal.

Em seguida, o peixe era guardado em barris de madeira, protegido por camadas de arroz, cuja fermentação com liberação do ácido láctico garantia a conservação dos filés.

E assim eram armazenados por até 3 anos, sendo que o arroz acabava impróprio para consumo, mas o peixe não. Uma técnica que passou por mudança no século VII, no Japão, quando foram usadas pedras para prensar o pescado cru e os grãos.

Já no século XV, a fermentação passou a durar cerca de um mês. O que é considerado o primeiro Sushi moderno, no qual o arroz era consumido também. Com a introdução do vinagre no arroz, em meados do século XVII, o Sushi passou a ser feito em um dia.

O tempo passou… E os japoneses começaram a consumir o alimento temperado molho shoyo. A grande quantidade de peixes e frutos do mar na baía de Tóquio fez o pescado ser degustado fresco, juntamente com o arroz. Assim nasceu, enfim, o Sushi que conhecemos atualmente.

Esses bolinhos de arroz cobertos com peixes crus ganharam nomes variados, de acordo a forma e os ingredientes do preparo. O recheio pode ser produzido também com frutas, frutos do mar e legumes.

Mas uma coisa não muda: os peixes são ótimas fontes de proteína e de gorduras insaturadas, que são benéficas para o coração, auxiliando na redução do colesterol e da pressão arterial.

O arroz do Sushi fornece carboidrato e é cozido sem sal e gordura, deixando a alimentação mais leve. Só não exagere no molho shoyo, que é rico em sódio. Fica a dica!

Bom apetite – e até mais!

Comentário