Alimentação Saudável

Dieta x Escolhas inteligentes: como manter a boa forma sem regimes radicais

Quitoplan

Para muita gente, dieta é uma palavra que não sai da cabeça o ano inteiro – e quanto mais “fórmulas mágicas” para secar rapidamente as curvas, melhor. Outros afirmam não fazer regime, preferem mudanças mais profundas no modo de se alimentar. São as chamadas escolhas inteligentes.

Um exemplo disso é deixar para comer doces em um evento, fugindo deles na maior parte do tempo. Ou não perder o controle o dia inteiro só porque cometeu algum excesso no almoço.

E que tal fazer algo prazeroso ou ocupar a mente quando estiver mais ansioso em vez de buscar refúgio na comida? Exagerar no prato, certamente, não vai resolver as preocupações. Ao contrário, pode trazer mais, inclusive com a saúde.

A alimentação balanceada perdeu o encanto inicial? A saída é buscar receitas novas, inventar pratos com os mesmos ingredientes que ajudam a não sair da linha. E o que não falta é opção para comer certo, com sabor e sem culpa.

Porém, decisões estratégicas como essas não dependem apenas de informação, da consciência de que tudo isso existe. Mas de saber colocar em prática diferentes formas de pensar e agir, em relação não só à comida, mas, também, a si próprio.

Veja como modificar suas atitudes e manter a forma 

  • Lembre-se que para continuar emagrecendo é preciso comer. Pular as refeições só porque ganhou uns quilinhos vai fazer o corpo estocar gordura. E comer pouco desacelera o metabolismo, tornando a missão corpo esbelto mais difícil.

Portanto, procure comer a cada três horas. E tenha ajuda profissional para manter sua reeducação alimentar nos trinques.

  • Não culpe a genética – entenda que emagrecer só depende de você. Ter facilidade para acumular peso é uma coisa; ser gordo ou magro é uma questão de escolha, e não de um “castigo” ou “presente” divino. 

Assuma a responsabilidade e o controle do processo de emagrecimento. Isso ajuda a aumentar a sensação de capacidade para alterar hábitos e seu próprio corpo.

  • Ninguém fica e permanece em forma sem dedicação e boas escolhas no cardápio diariamente. Esqueça a celebridade na capa de revista que diz comer tudo e não engordar.

“Pense magro”, orgulhe-se de suas atitudes e comemore cada pequena vitória por ficar firme no seu plano.

  • Não separe os alimentos nas categorias proibidos e permitidos – assim, você corre o risco de deixar a vida chata, acreditando que deve ficar eternamente longe das coisas gostosas. Equilibre a quantidade e a frequência das guloseimas.
  • O melhor horário para malhar é… o que você consegue ir – tire da cabeça a ideia de que não tem disposição para treinar de manhã, por exemplo. Principalmente se esse é o único momento disponível para isso. Não espere o dia perfeito chegar!
  • Se deslizar, retome de onde parou – qualquer pessoa pode exagerar na sobremesa uma vez ou outra. O que não pode é jogar tudo para o alto, abandonar o planejamento de perda de peso. Encare a situação sem desespero e siga em frente.

Libertar-se da sensação de aprisionamento em uma dieta faz você perceber o valor de cada atitude, especialmente na hora de montar o cardápio.

Você é a personagem principal do emagrecimento, e não a vítima, certo?

Sem essa de sentir pena de si mesmo porque não levou um balde gigante de pipoca na hora do cineminha.

Pro Burn X funciona

Saiba como usar seu pensamento para conquistar o peso ideal

Outro jeito consciente de cumprir à risca seu plano alimentar é estabelecer metas e prazos possíveis – para diminuir a chance de desistir no meio do caminho, de dar um tiro no pé!

Tirar o foco da comida também ajuda. Pare de pensar só nela; tenha alternativas, outras atividades para fugir dos excessos dela. Pode ser uma conversa com amigos, um esporte, leitura, jogos etc. Busque prazer na vida, diversifique seus interesses.

E mais: programe suas refeições, planejo o cardápio. Se faltarem as melhores opções na geladeira e na dispensa, você vai terminar abocanhando qualquer coisa, principalmente o que for mais prático e calórico.

Lembre-se sempre das razões para ter uma alimentação balanceada e saudável. Faça uma lista delas e deixe bilhetes por perto, para quando faltar motivação e surgirem pensamentos sabotadores.

Por falar nisso, questionar todos os pensamentos desanimadores é mais uma dica importante de atitude positiva. Não dê ouvidos à sua voz interior quando ela insinuar que seu esforço não está trazendo resultados ou que não vale a pena controlar o desejo por doces.

Não desista! Para colocar em prática com frequência as preferências alimentares inteligentes é preciso trabalhar esses conceitos até ficar definitivamente livre deles.

Pensar que você merece sempre o melhor faz toda a diferença na hora de escolher o que quer na sua mesa e na sua vida. Cuide da sua autoestima e fique mais exigente.

Saborear um pedaço pequeno de chocolate e apenas uma taça de vinho (e não a garrafa inteira) é uma decisão que depende muito mais de fatores emocionais do que do saldo da conta bancária, por exemplo.

Invista no autoconhecimento e melhore sua vida

Você sabe quando está com fome ou somente com vontade de comer? Consegue distinguir a necessidade real de alimentos do desejo de beliscar alguma coisinha para passar o tempo? Fuja da cilada de comer fora de hora.

Porém, fome não deve ser considerada uma tragédia – como muitas mulheres costumam sentir ao encarar uma reeducação alimentar. É algo natural, não um sinônimo de que vai perder o domínio.

Jogar claramente consigo próprio é decisivo para controlar o peso. Por isso, não adianta mentir para si mesmo, tentar esconder a realidade.

Nesse sentido, anotar o que coloca na boca pode ajudar a identificar excessos e fazer adaptações. Isso vale inclusive para uma simples – e aparente inofensiva – bala.

Com atitudes como essas descritas aqui, você vai perceber que emagrecer é consequência do bem que está proporcionando ao seu organismo, à sua saúde. Não é algo que acontece do nada, do dia para noite.

Pensamentos modificam atitudes e vice-versa. Adote um jeito novo de ver a vida e transforme seu prato – e seu corpo.

Recomendados para você:

Comentário