Doenças

Dicas para deixar de fumar: Comece agora mesmo!

dicas-parar-fumar

Quem deseja largar o cigarro pode contar hoje com vários remédios, comercializados sob prescrição médica, que ajudam a reduzir os desagradáveis sintomas que surgem durante o período de abstinência.

Mas, segundo os especialistas, a vontade de parar é o principal tratamento contra o tabagismo. Por isso, se você está tentando deixar de fumar ou conhece alguém que está, dá uma olhada nas dicas abaixo. Elas vão auxiliar – e muito – nesse processo.

  • Antes de tudo, acredite em você, que você pode abandonar o cigarro. Pense nas coisas mais difíceis que fez em sua vida e veja que tem coragem e determinação suficientes para deixar de fumar. Depende de você!
  • Faça um programa de exercícios físicos, pois eles não combinam em nada com o tabagismo. E ajudam a aliviar o estresse, além de colaborar na recuperação dos danos causados pelo cigarro. Faça 30 a 40 minutos de atividade física, 3 ou 4 vezes por semana.

Está sedentário? Que tal começar com uma caminhada curta, uma ou duas vezes por dia? Ah! Só não esqueça de consultar seu médico antes de iniciar, certo?

  • Escolha um dia para largar o cigarro, para sempre. Anote essa data, que não deverá ter intervalo superior a 30 dias, e prepare sua mente. Inclua no seu planejamento até mesmo uma breve cerimônia para o momento das últimas tragadas.

Sugestão: no dia 1º de novembro comece a planejar e visualizar a nova vida sem e estabeleça o último dia possível para “escapulir”, como por exemplo, dia 30 de novembro.

  • Até chegar essa data, vá reduzindo o consumo aos poucos. Isso inclui definir quantos cigarros você fumará por dia até a data escolhida. Comprar apenas um pacote por vez (da marca que você não gosta tanto) pode ajudar nesse sentido.

Experimente também dar seus cigarros a outra pessoa – para que você peça a ela toda a vez que quiser fumar. Fica a dica!

  • Anote porque você quer abandonar esse hábito nocivo e deixe isso acessível para ler diariamente. É para viver mais? Pela sua família? Para sentir-se melhor? Por questões econômicas? Para conseguir um (a) companheiro (a) com mais facilidade?

Você sabe os malefícios do tabagismo e o que ganhará ao deixá-lo para trás.

  • Respire profundamente pelo menos uma vez por dia durante 3 a 5 minutos. Inspire pelo nariz bem devagar, segure o ar por alguns segundos e expire lentamente pela boca.

Tente fazer a sua respiração com os olhos fechados e, enquanto isso, visualize você mesmo se tornando um não fumante.

Por exemplo: aproveitando a atividade física da qual falamos; recusando um cigarro de outra pessoa ou jogando os seus fora – e ganhando uma medalha de ouro por isso. Crie suas visualizações e fique mais forte no combate ao vício.

  • Converse com seu médico sobre parar de fumar. O apoio e a orientação de um especialista aumentam as chances de sucesso na luta contra o tabagismo. Está provado!
  • O suporte familiar e dos amigos é fundamental. Não hesite em pedi-lo e lembrá-los da importância de não fazer julgamentos durante o as etapas de abandono do cigarro.

Se precisar, informe-os que, provavelmente, você ficará irritado ou até mesmo irracional em alguns momentos.

  • Livre-se de todos os objetos ligados ao cigarro, como cinzeiros, pacotes de cigarros velhos ou isqueiros. Desapegue deles em casa e no trabalho.
  • Lave tudo que possa ter esse aroma indesejável: cortinas, lençóis, roupas, toalhas e qualquer outro objeto que facilite a lembrança.

Depois de ler essa lista, outro truque é escrever a própria relação, fazendo adaptações para acomodá-la à sua personalidade e jeito de fazer as coisas. Uma forma de criar o seu próprio plano para deixar de fumar. Você consegue! 

Comentário