Gravidez

Depressão Pós Parto: Como Evitar?

depressao-pos-parto

Após o nascimento do bebê, a mulher enfrenta uma mistura de emoções. Junte a isso a grande quantidade de cuidados com o filho, a necessidade de amamentar, trocar as fraldas e coloca-lo para dormir. A conseqüência pode ser uma taxa de estresse muito elevado, que pode se transformar em uma irritação excessiva, tristeza e até mesmo em depressão.

A depressão pós parto

Para evitar que essa situação aconteça, confira algumas dicas de especialistas para que você vença esse tempo com mais tranquilidade:

  1. Analise a sua situação de saúde

Tente fazer isso antes do nascimento da criança. Jovens, mulheres com mais de 35 anos, mães que já tiveram abortos e quem tem doenças crônicas podem ter uma gestação de risco, o que contribui para uma carga maior de estresse.

A informação pode diminuir a ansiedade, no entanto, é necessário pouco de conhecimento próprio para compreender se você está pronta para lidar com essa responsabilidade e até mesmo dessa mudança de rotina, ou seja, ficar em casa com a criança sem precisar ir trabalhar.


  1. Mantenha um estilo de vida equilibrado

Tenha uma alimentação rica em fibras, beba muita água, realize exercícios físicos leves e constantemente, mantenha a sua estabilidade emocional, passa muito longe de drogas, cigarros e bebidas alcoólicos. Essas atitudes simples ajudam bastante a ter uma gestação e um período pós-parto mais calmos.


  1. Conte com o seu suporte familiar

Quando uma criança nasce, a maioria das famílias faz questão de acompanhar cada novo detalhe e o desenvolvimento passa a passo da criança. E esse suporte é ainda mais necessário no caso de uma gravidez não programada.

Nesse momento, o companheiro tem importância vital. Se ele estiver ao lado da companheira e atuar na gravidez e também nos primeiros meses de vida, o estresse cai consideravelmente. Já em uma situação oposta, a mulher precisa estar ainda mais ligada para não perder o controle. Em alguns casos, buscar por auxilio profissional é sempre uma boa opção.


  1. Acredite na sua intuição

Uma mamãe de primeira viagem pode passar por alguns perrengues. Mas, tenha a noção que mais errar do que acertar no início é muito normal e acaba tudo dando certo. Então, tente deixar essa situação para trás e confiar bastante na sua intuição. Já se for o seu segundo ou terceiro filho, a situação já está um pouco mais tranquila para os pais.

Tenha apenas a atenção de não deixar os outros filhos sem a devida atenção.


  1. Tente fortalecer a ligação com seu filho

Passe muito tempo cultivar a sua ligação com seu filho. Fale com a criança, conte historinhas, faça carinho, massageia as extremidades, dê beijos e abraços no seu filhote. Coisas simples assim auxiliam no fortalecimento do vínculo entre a criança e a mãe e dá mais sentido a maternidade. Com certeza, essa ligação amorosa impede totalmente os sintomas de estresse.


  1. Mantenha as suas emoções sob controle

A gestação mexe bastante com as mulheres. Só que é necessário analisar até que ponto você está pronta para lidar com toda essa responsabilidade. Qualquer desestabilidade pode representar uma crise de estresse e as consequências podem ser terríveis, como, por exemplo: insônia, mudança de humor busca, irritação, raiva, culpa e, consequentemente, a depressão.

Por isso, tente manter a calma e as emoções estáveis. Caso sinta-se um pouco mais abalada, procure a orientação de seu médico e também o apoio de seus familiares.


  1. Leve com humor as alterações no seu corpo

O seu corpo muda bastante com a gravidez. Após o parto, a situação fica um pouco mais grave. Essas alterações podem até conduzir a certo distanciamento da criança. Desta forma, preste atenção. Afinal, com um pouco de tempo tudo volta ao normal.


  1. Tenha calma para recuperar o seu condicionamento físico

Muitas mulheres querem recuperar a antiga forma o mais rápido possível. Só que é necessário lembrar que o seu corpo ganhou aqueles quilinhos extras no decorrer de nove meses de gestação, por isso, tenha muita tranquilidade antes de iniciar uma dieta.


Com a liberação do seu médico, você pode voltar aos exercícios físicos e um programa feito na medica para as gestantes é o Programa Mamãe Sarada, que garante a conquista ao seu peso antigo em apenas dois meses.

Comentário