Pedro Mendes

TEMA: Chás para depressão

Considerada o mal do século, a depressão é a doença que mais atinge a população em todo o mundo, cerca de 300 milhões de pessoas. Ela não quer saber sua cor, raça, se é rico ou pobre, ela vem calada e faz muito estrago na vida de qualquer indivíduo. Dependendo do organismo, a depressão se manifesta de diversas maneiras, classificada assim como uma doença crônica ou aguda, é um tipo de distúrbio mental que precisa ser acompanhado por um médico.

De origem biológica, psicológica e social, seus sintomas são: angustia, ansiedade, irritabilidade, indecisão, insegurança, insônia, sensação de vazio, falta de motivação, apatia, dificuldade de concentração, alto grau de pessimismo, esquecimento, perda ou aumento de apetite e raciocínio mais lento. São sintomas aparentemente inofensivos, mas que se não tratado devidamente e o mais rápido possível, a depressão pode levar até mesmo ao suicídio.

Existem vários tipos de tratamentos que vão depender do grau da depressão, podem ser tratados com remédios ou até mesmo com ervas naturais, através de chás. Existem, em pleno século XXI, chás que ajudam no combate a depressão. O chá de camomila, de erva São João, alecrim, erva cidreira, passiflora, valeriana e erva-príncipe ajudam no combate a depressão. São vários os benefícios que eles trazem para quem quer combater ou tratar esse mal do século.

Chás para depressão

1. Chá de Erva São-João – Funciona como remédio natural, pois ajuda doenças causados pelos nervos e com transtornos mentais, o chá de camomila trata a insônia e a ansiedade, o chá de alecrim ajuda a recompor o sistema nervoso, o chá de erva cidreira tem essências que servem como calmante por causa dos seus óleos. De origem Mexicana, o chá de passiflora possui propriedades analgésicas, assim como contém ações relaxantes e antidepressivos.
2. Chá de valeriana – Tem propriedades que ajudam no sono, por serem extraídas diretamente da raiz. E por último, mas não menos importante, vem o chá de erva-príncipe ele trata das cólicas menstruais, dores de cabeça e ajuda no controle da ansiedade e insônia. Esses tipos de chás são encontrados nos mercados e em lojas com produtos naturais. Eles ajudam no combate da depressão e, além disso, pessoas que tem depressão e que optarem por tomar qualquer desses chás devem ser acompanhadas também por um médico.
3. Como preparar – Para fazer os chás não tem segredo, bastam esquentar a água, colocar as folhas e depois de ferver deixar descansar alguns minutos, pode adoça-lo e depois tomá-lo. Qualquer tipo de chá não pode passar mais de 24 horas guardado, pois pode ser prejudicial para a saúde. E devem ser tomados uma ou duas vezes por dia, após as refeições.

Depressão é algo muito sério e não deve ser deixada de lado. Merece cuidado, apoio e atenção dos amigos e familiares. Aceitar ajuda não é vergonhoso, é querer o melhor para si mesmo e os que estão próximos. Assim como ter um acompanhamento de um médico especializado é fundamental. Utilizar os chás até mesmo na prevenção e, ou no auxilio do tratamento e assim buscar uma melhor qualidade de vida.

Recomendados para você: