Alimentação Saudável

Chá verde: conheça benefícios e preparo

cha-veder

Olá!

Nossa conversa hoje começa com boa notícia: pesquisa publicada na conceituada revista da Sociedade Americana de Nutrição revela que um grupo de gordinhos que tomou de seis a oito xícaras de chá verde por dia eliminou 4% a mais de gordura se comparado ao grupo que ficou apenas na dieta.

Essa bebida milenar está fazendo o maior sucesso entre os adeptos da boa forma e vida saudável porque ajuda a acelerar o metabolismo, desintoxicar e desinchar o corpo e, ainda, a facilitar a digestão.

Extraído da planta Camellia Sinensis, o chá verde possui altas concentrações de antioxidantes, entre outras substâncias. Por isso, a erva beneficia também a pele e as artérias, colaborando na prevenção de tumores, inflamações e doenças cardíacas.

Essa mesma planta dá origem aos chás preto e branco. A diferença é que as folhas do chá verde são colocadas no vapor e, depois, secas, permitindo ter propriedades únicas, evitando a oxidação dos ingredientes e estimulando a preservação de seus nutrientes.

Associado a exercícios e regime de baixa caloria, ele contribui com a perda de aproximadamente 5 quilos em 15 dias. Perfeito para você que busca qualidade de vida e redução de medidas.

Com pelo menos cinco xícaras de chá verde por dia, é possível sentir os efeitos positivos dele no organismo. E não tem mistério: o preparo da bebida é superfácil.

Veja como preparar e deixar o chá verde mais saboroso

cha-veder

Diz a lenda da mitologia chinesa que o imperador Shen Nung (ano de 2737 a.C) tomava água fervida para ter saúde e longevidade. Um dia, porém, folhas da erva caíram na fervura; ele provou e adorou o sabor, batizando-a de “bebida dos céus”.

Pode ser que, para o paladar atual, o chá verde ainda seja forte demais. Mas há formas de amenizar seu gosto amargo e manter seus princípios ativos.

Faça assim: coloque 1 litro de água para ferver e apague o fogo logo que surgirem as primeiras bolhas.  Acrescente 1 colher de sopa de erva; abafe por 2 ou 3 minutos e coe.

Depois de se acostumar ao sabor do chá, o ideal é aumentar para 2 colheres de sopa de erva na mesma medida de água.

Veja outros truques para deixar o seu chazinho mais saboroso:

  • Prepare o chá verde com hortelã, cidreira ou erva-doce, fresca ou em saquinho.
  • Ferver a água com um pedaço de casca de abacaxi ou de manga dá um aroma incrível ao chá verde. Experimente!
  • Outra dica é pingar gotas de limão no chá verde pronto.

Chá verde: mais motivos para apostar nessa bebida

O chá verde é rico em flavonoides chamados catequinas. Uma delas é a epigalocatequina galato (EGCG), apontada como estimulante das enzimas que controlam o metabolismo das gorduras.

As catequinas presentes no chá verde interagem com os receptores da leptina, hormônio ligado à saciedade. Isso quer dizer que o consumo da bebida evita que você coma mais do que realmente precisa.

Como se não bastassem todas essas razões para usar essa erva poderosa, ela ainda dá uma forcinha ao nosso humor. Tudo por causa de um aminoácido encontrado exclusivamente nessa planta chamado L-teanina.

Liberado nosso organismo, ele vai para o cérebro, influenciando o aumento da produção de dopamina e serotonina, neurotransmissores ligados à sensação de bem-estar.

Mas não existe uma tabela nutricional para o chá verde. A variação de nutrientes depende da região e da forma como a erva foi plantada, adubada e cuidada. O que justifica encontrar tabelas diversificadas entre as marcas disponíveis atualmente no mercado.

Mesmo assim, vale a pena incluir essa erva na dieta – com moderação e acompanhamento profissional. Ponha logo a água para ferver e fique bem!

 

 

 

Comentário