Pedro Mendes

TEMA: Chá de Macela

O chá de Macela é conhecido devido às suas diversas propriedades medicinais. A gama de benefícios dessa planta para o corpo humano é mesmo muito ampla. Vamos conhece-la? Para começar, essa erva tem vários nomes, dependendo da região do Brasil. Pode também ser conhecido como marcela, macega (mais populares), ou outros como: macela-do-campo, macelinha, macela de travesseiro, carrapichinho-de-agulha, camomila nacional, dentre outros mais.

Mas para quê serve o chá dessa erva?

Bom, para começar, ela tem propriedades estéticas. Mulheres que desejam clarear os cabelos de forma natural podem usar essa planta sem medo! Isso porque ela possui compostos capazes de clarear cabelos castanhos e louros. Muitos shampoos clareadores contêm macela em sua composição – embora seja menos conhecida que a camomila. Além do mais, também ajuda a combater a queda de cabelo.

A macela também ajuda as mulheres em outro quesito: reduz as cólicas menstruais e regula a menstruação. Muitas mulheres sofrem com ciclo menstrual irregular – portanto, a macela pode ajudar. Seus benefícios não param por aí. Essa planta ainda ajuda no alívio de ansiedade e estresse, tendo propriedades calmantes.

Pessoas que desejam emagrecer também podem usar a macela, pois ela diminui a retenção de líquido. Diminui a sensação de “corpo inchado.” Essa erva é, também, especialmente boa para a saúde do estômago e intestino! Isso porque ela ajuda no combate à diarreia e disenteria, bem como outros problemas gástricos (como azia, queimação e dores estomacais). Para quem sofre de gastrite, pode ser uma boa opção. Além disso tudo, tal planta também melhor a digestão.

Outros benefícios da macela

Ajuda a controlar contrações musculares bruscas. Auxilia no tratamento de reumatismo, epilepsia, cefalalgia e até mesmo impotência sexual! O chá dessa planta é especialmente conhecido no Sul do Brasil. Lá, existe uma tradição de usar as folhas dessa erva como estofo de travesseiros de recém-nascidos, pois a crendice popular alega que macela tem efeitos calmantes – ajudando o bebê a dormir melhor.

No estado do Rio Grande do Sul, existe uma tradição peculiar. A macela é considerada um dos símbolos oficiais do estado, por ser típica de lá. A tradição manda colher a macela antes do sol nascer, especificamente na Sexta-feira Santa. Assim, acredita-se que a colheita nesse potencializará os efeitos medicinais do chá.

Tal planta é nativa da América do Sul, e costuma nascer em regiões mais quentes. É comum ver tal árvore na beira das estradas, mas suas propriedades medicinais não podem ser aproveitadas o ano todo. É recomendável colher a macela apenas quando suas folhas surgirem – de modo a potencializar seus efeitos. Geralmente acontece de Março até Maio.

Como preparar

Para preparar a infusão, é necessário meio litro de água, bem como duas xícaras de chá de flores de macela. Mas, atenção, esse chá possui contraindicações! Não são todas as pessoas que podem toma-lo. Pessoas que estão passando por quimioterapia, ou são diabéticas não podem consumi-lo, por exemplo. Demais pessoas que estão sob o efeito de remédios como: analgésicos, sedativos e barbitúricos também não podem tomar o chá. A regra é sempre consumir remédios com consciência, ainda que naturais.

Recomendados para você: