Pedro Mendes

TEMA: Chá de amendoim

O amendoim é popularmente conhecido pelo brasileiro por estar presente em diversos pratos típicos, como a paçoca e o pé de moleque, além de servir como um petisco democrático em toda mesa de bar. Apesar de aparecer como vilão na pirâmide alimentar, o grão tem diversos benefícios se consumido corretamente.

Origem

Com origem na América do Sul, o amendoim foi encontrado por exploradores espanhóis e portugueses nas regiões mais frias. No Brasil, ele costumava ser obtido na fronteira do Paraná e possuía um papel importante na dieta alimentar dos índios. Ao longo dos anos, passou a ser cultivado na região Nordeste do País, sendo perfeitamente adaptado para o cultivo em regiões mais quentes.

Consumindo o alimento de forma apropriada, ele pode se tornar um grande aliado na prevenção de inúmeras doenças além de combater o envelhecimento. Comumente utilizado na produção de doces altamente calóricos – como a paçoca – e ricos em sódio – o famoso salgadinho oficial das partidas de futebol, ele também tem seu lado bonzinho. Uma das maneiras mais corretas de se inserir o amendoim corretamente na culinária do dia a dia é utilizar o grão na produção de um chá, rico em vitaminas e antioxidantes.

Rico em HDL

O chá de amendoim utiliza somente a parte boa da oleaginosa, deixando seu lado ‘vilão’ de lado. Por ser rico em HDL – o famoso “colesterol bom” – o alimento é muito eficaz no combate de doenças cardiovasculares, isso porque ele ajuda a prevenir o acúmulo de gordura depositadas nas artérias do coração e transportando-os de volta ao fígado para ser eliminado.

A bebida também é eficaz no combate ao AVC (acidente vascular cerebral), câncer e diabetes, por ser rica no complexo de vitaminas B – as quais tem um papel importante para o funcionamento correto do corpo humano – e vitamina E, que ajuda a prevenir os danos causados pelos radicais livres e extremamente necessária para o bom funcionamento de diversos órgãos, além de retardar o envelhecimento através da sua fonte de renovação celular.

A infusão do alimento com a água quente libera substâncias que auxiliam na digestão dos alimentos, dando uma sensação de saciedade. Nele também são encontrados altos níveis de Cálcio e Ferro, contribuindo para o fortalecimento dos ossos e no transporte de oxigênio no sangue – muito importante nas gestantes, pois desempenha um importante papel para o desenvolvimento do feto.

Chá auxilia no combate ao stress

Para os mais ‘estressadinhos’, o consumo do chá de amendoim funciona como um colaborador na diminuição da irritação, pois suas substâncias atuam no combate da ansiedade, impaciência, nervosismo e inquietação. O grão também é eficaz contra inflamações e fadiga, sendo um grande aliado para uma ótima qualidade de vida. Ficou interessado em saber como preparar essa bebida simples e deliciosa? Veja como fazer uma receita rápida e ideal para os dias mais friozinhos

Ingredientes

500 ml de leite
1 lata ou caixa de leite condensado
2 xícaras de chá de amendoim torrado
2 cravos da índia
2 pedaços de canela em pau
2 colheres de sopa de rum
Canela em pó para polvilhar e Açúcar ou mel para adoçar, caso necessário.

Como preparar

Bata o amendoim torrado no liquidificador até obter um pó. Em seguida, acrescente o leite, o leite condensado e bata por mais dez minutos, para que o líquido fique com um tom marrom. Em uma panela, despeje o líquido junto os paus de canela e o cravo. Deixe cozinhar até que levante fervura. Sirva ainda quente com um pouco de canela em pó por cima.

Recomendados para você: