none

Chá de alcachofra

A alcachofra é uma planta de origem europeia e aqui no Brasil ela é cultivada principalmente em São Paulo, no Paraná e no Rio Grande do Sul. Seu plantio é feito geralmente no outono, enquanto que a colheita é realizada na primavera. Os benefícios do alimento são muitos, porém, o chá de alcachofra é capaz de manter mais propriedades naturais da planta e oferecer maiores benefícios à saúde, do que através de outras formas de preparo.

Para que serve a alcachofra?

A planta é rica em vitaminas A, B e C e composta por diversos minerais, entre eles, enxofre, cálcio,cobre, sódio, zinco,iodo, manganês,potássio, ferro e fósforo. Todas estas propriedades permitem auxiliar no combate à anemia. Ela age também como tônico digestivo, capaz de melhorar os processos digestivos e auxiliar no tratamento de problemas no fígado, além de prevenir doenças hepáticas. E graças à ação diurética que possui, ainda ajuda na eliminação de toxinas e impurezas do organismo. Outro benefício importante da alcachofra é o seu efeito laxativo, que solta o intestino e ajuda a aliviar os problemas de prisão de ventre. Além disso, ela ajuda a diminuir o mau colesterol e a reduzir as taxas de glicemia presentes no sangue.

Mas não pense que os efeitos positivos acabam por aí, a alcachofra também é eficaz no combate às gorduras, sendo considerada uma forte aliada do emagrecimento. Isso porque a leguminosa provoca o aumento do volume da urina, o que significa mais toxinas sendo eliminadas e maiores chances de emagrecimento. As folhas da planta reduzem a taxa de açúcar no sangue, controlando além da anemia, diabetes e a hipertensão. Ela também auxilia no combate ao endurecimento das artérias. Graças ao efeito detox da alcachofra, ela ainda é indicada no tratamento e prevenção de doenças como a retenção de líquidos.

Além do preparo doméstico da alcachofra, há também a possibilidade da planta ser encontrada em lojas de produtos naturais ou em farmácias, em formato de cápsulas. Nesses locais, ela também pode ser vendida como xarope ou em forma de comprimido. O uso da alcachofra em qualquer uma de suas formas, não é aconselhável às pessoas propícias a alergias ou que tenham problemas de obstrução do ducto biliar (estruturas tubulosas que carregam a bile), assim como grávidas e lactantes, pois pode provocar a redução de produção do leite materno. Pessoas com problemas vesiculares e hepáticos também não não devem consumir nenhuma das formas da alcachofra. O uso em excesso também não é aconselhável, já que pode causar náuseas e enjoos.

Como preparar o chá de alcachofra?

O preparo do chá de alcachofra é simples como a maioria dos chá que costuma-se fazer em casa.
Ferva um litro de água e adicione algumas folhas bem lavadas da alcachofra. Ferva por mais dois minutos e após desligar o fogo, mantenha o recipiente tampado por mais alguns minutos. Por último, coe e adoce o chá. Se a bebida for tomada com o objetivo de emagrecer, é aconselhável que não seja adoçada. A recomendação é beber o chá de alcachofra três vezes ao dia, antes de cada uma das três principais refeições.

Recomendados para você: