Alimentação Saudável

Para que servem os carboidratos? Afinal, eles engordam?

carboidratos

Não é difícil encontrar quem defenda a retirada praticamente total dos carboidratos da dieta para emagrecer. Mas, afinal, eles engordam? Para que servem exatamente os carboidratos? São vilões ou amigos do regime?

Esse é o assunto da nossa conversa de hoje, para você aprender a tirar proveito desse item tão presente nos mais variados alimentos.  Vamos lá!

Quais são as funções dos carboidratos no organismo

carboidratos

Eles são a principal fonte de energia do nosso corpo. Os carboidratos funcionam como combustível e precisam ser consumidos ao longo do dia para que possamos realizar nossas tarefas.

Outra função deles é regular o metabolismo das proteínas. Trocando em miúdos, uma boa quantidade de carboidratos evita que as proteínas sejam usadas na produção de energia, deixando-as reservadas ao objetivo original delas, o da construção de tecidos.

Por esse motivo, quem treina para ganhar a chamada massa branca ou massa muscular, por exemplo, precisa controlar bem o consumo diário de carboidratos, ou vai ver toda a dedicação na academia sendo perdida. Vou dar mais detalhes sobre isso mais adiante, combinado?

E olha isso: a quantidade de carboidratos na dieta influencia, também, como as gorduras serão utilizadas para suprir uma fonte de energia imediata. Ou seja, no jejum ou regimes restritivos, não havendo glicose para as células, os lipídios são oxidados.

O resultado disso é uma grande quantidade de cetonas que, por sua vez, poderão provocar uma acidose metabólica, podendo levar ao coma e até à morte. Viu, que perigo?

Os carboidratos também são imprescindíveis ao bom funcionamento do sistema nervoso central, já que o cérebro não armazena glicose e vai busca-la na corrente sanguínea. Na ausência dela, pode haver danos cerebrais. Pense nisso!

Necessidades diárias e fontes de carboidratos

Para fazer esse complexo mecanismo que vimos nos parágrafos anteriores funcionar bem, em geral, é preciso algo em torno de 6 a 7g de carboidrato por quilo de peso, diariamente.

Trazendo isso para o valor calórico total da dieta, cerca de 50 a 60% devem ser procedentes de carboidratos. A ingestão insuficiente desse macronutriente compromete o sistema nervoso central e provoca fadiga durante a atividade física.

Por outro lado, o excesso de carboidrato, gera acúmulo de açúcar no corpo, causando aumento de peso. Portanto, respondendo à pergunta no início desse artigo, pode engordar, sim!

Onde eu encontro carboidrato? Nos pães, melados, massas, cereais, frutas, doces, açúcar, geleias, legumes, vegetais feculentos, hortaliças, verduras e leite.

Mas dê preferência aos alimentos integrais (que trazem vitaminas, minerais e fibras), pois os refinados fornecem calorias “vazias”, aquelas que não ajudam a nutrir o corpo. 

Carboidratos e exercícios físicos: benefícios

O carboidrato é elemento crucial na produção do glicogênio muscular, que é simplesmente a primeira e a principal fonte de energia utilizada durante o exercício. Não é à toa que bate aquele cansaço se não ingerimos esse nutriente antes do treino, percebeu?

Depois da atividade física, os carboidratos também são necessários para repor os estoques de glicogênio no músculo, garantindo, assim, sua recuperação pós-treino e energia suficiente para outras tarefas.

Mais considerações sobre carboidratos

Antes de pensar em reduzir drasticamente a quantidade de carboidratos no seu prato, leve em consideração que emagrecer ou engordar depende também da relação entre a quantidade de energia que ingerimos e gastando diariamente.

Trocar um prato de macarrão por um bife com salada, por exemplo, nem sempre é uma boa pedida, pois grande parte da carne é gordura, e a salada, apesar de rica em fibras, pode não saciar tanto quanto a massa.

Procure sempre um bom nutricionista e avalie com ele suas necessidades alimentares. Sua disposição e saúde só têm a ganhar!

Até a próxima!

 

Comentário